tiny_little_box

uma caixinha de lembranças aberta em um blog de histórias: leia as curtas, os esquetes, de uma só vez ou o começo, o meio e o fim

Post #100 ou Das coisas na minha cabeça – De uma só vez janeiro 9, 2010

Tempos atrás, costumava se trancar no quarto. Na sua cabeça. Não saía de lá. Acontecia de tudo lá. A dança final de Flashdance, a dança final de Dirty Dancing, a cena da varanda de Romeu e Julieta na versão de Franco Zefirelli. Shows do cd ao vivo do Legião – cantava inteirinha Descobrimento do Brasil. Trechos da peça A vida é cheia de som e fúria, montagem do livro Alta Fidelidade. Episódios de Anos Incríveis, ela na pele de Winnie Cooper, claro.

Era um refúgio, um lugar sagrado, um caminho certo. Também saia criando coisas. Pegava uma ou outra pessoa da vida real, misturava com um filme, uma peça ou uma música e inventava uma história para contar, uma letra para cantar, um diálogo para falar. Situação recorrente era uma apresentação, ela cantando algo contido ao lado de um cara. De frente para o aparelho de som, fazia da caixa um grande microfone e cantava baixinho, para dentro, para as pessoas dentro dela. E sentia de verdade. Chegava a arrepiar, a derrubar uma lágrima mais chorona.

Sempre soube pulsar só de pensar. No quarto, na cabeça, acontecia de tudo lá. Ainda acontece.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s